Arquivo

Textos com Etiquetas ‘tabela’

Um caso completo de proposta de honorários de perito judicial – V

11, julho, 2012 Comments off

Continuação do post de 4/7/2012

Veja TUDO sobre HONORÁRIOS do perito judicial - adquira o livro Manual de Perícias - CLIQUE AQUIIndiquei que juntasse na proposta de honorários a tabela de honorários do IBAPE de seu estado, para fins de comprovação do que ela estivesse propondo.

Em casos de perícias judiciais em que o valor dos honorários seja superior a 20 salários mínimos, o perito deve colocar na petição de proposta de honorários o requerimento que o valor total seja depositado antes do início de perícia (início de produção de provas), para ser entregue a totalidade após a entrega do laudo, conforme está previsto no artigo 33, parágrafo único do Código de Processo Civil – CPC. E assim recomendei a nossa ex-aluna.

Leia mais…

Compartilhe e aproveite!
 
  • Facebook
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • Google Bookmarks
  • Orkut
  • RSS

Avaliação de imóveis utilizando o Método Comparativo, o Método Evolutivo e a Tabela Ross-Heideck e avaliação do empreendimento pela NBR-14653-4

12, dezembro, 2011 Comments off

Método Evolutivo - Método Comparativo - Método de Reprodução - Método de Custos

Recebi um pedido de orientação de um visitante de um de nossos sites. Ele necessitava avaliar para a venda um pequeno hotel de quatro pavimentos, ainda em funcionamento, de alto padrão de acabamento e em bom estado de conservação, com fluxo razoável de clientes. Ele gostaria de saber qual o melhor método para realizar a avaliação em questão.

Leia mais…

Compartilhe e aproveite!
 
  • Facebook
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • Google Bookmarks
  • Orkut
  • RSS

Muito útil tabela referencial de tipo de construção e padrão construtivo – Série avaliações de imóveis segundo a NBR 14653

6, maio, 2011 Comments off

Avaliações de imóveis - NBR 14653 - Tabela referencial de tipo de construção e padrão construtivoContinuação do post de 6/5

O Eng. José Fiker, em seu livro Manual de Avaliações e Perícias em Imóveis Urbanos (ps.38-39), apresenta a Tabela do IBAPE, que estabelece a relação entre os mais diferentes tipos de construção civil e padrões construtivos. A constante a ser aplicada aos índices dessa tabela é o Custo Unitário Básico da Construção Civil – CUB, mais especificamente, o valor unitário da construção do tipo H8-2N, publicado mensalmente pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de diversos estados. O valor calculado para o tipo H8-2N é exatamente o custo de construção ou reprodução, por metro quadrado, de um prédio de 8 andares com apartamentos de 2 quartos, com padrão construtivo normal.

Leia mais…

Compartilhe e aproveite!
 
  • Facebook
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • Google Bookmarks
  • Orkut
  • RSS

Tabela Ross-Heideck de depreciação de benfeitorias, máquinas e equipamentos utilizando exemplo

24, setembro, 2010 Comments off
A Tabela de Depreciação Ross-Heideck, abaixo, é consagrada pelo uso no meio da engenharia de avaliações. Ela pode ser utilizada como coeficiente para depreciar imóveis ou, ainda, máquinas e equipamentos.

O livro Manual de Perícias tem um capítulo muito bom sobre avaliações de imóveis, nele é explicado a depreciação de imóveis, máquinas e equipamentos. Do livro Manual de Perícias extraímos um exemplo do emprego da Tabela de Depreciação Ross-Heideck, que segue abaixo.

Leia mais…

Compartilhe e aproveite!
 
  • Facebook
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • Google Bookmarks
  • Orkut
  • RSS

Avaliação de máquinas e equipamentos e depreciação por Ross-Heidecke

15, setembro, 2010 Comments off

Avaliação de máquinas e equipamentos - depreciação - Ross Heidecke

Um cliente de nosso livro Manual de Perícias telefonou, pedindo orientações a respeito de como deveria proceder em uma avaliação de secador de grãos: nesse caso, ser poderia utilizada a tabela de Ross-Heidecke?

Ele havia comprado o livro já alguns meses e, de lá para cá, vem realizando perícias na região noroeste do estado do Rio Grande do Sul.

Também perguntou sobre outra perícia que havia realizado, na qual o juiz determinou que ele se manifestasse sobre o que o assistente técnico, por sua vez, havia dito sobre seu laudo. O nosso cliente queria saber se teria que repetir todo o laudo ou deter-se apenas no que o assistente criticou.

Leia mais…

Compartilhe e aproveite!
 
  • Facebook
  • Twitter
  • Add to favorites
  • LinkedIn
  • Google Bookmarks
  • Orkut
  • RSS